Loading…

Notícias

Accenture investe em Braga

Novo centro de competências vai criar 100 postos de trabalho

A consultora Accenture vai abrir um novo centro de aplicações de tecnologias de informação em Braga.

Com inauguração prevista para maio, durante a II Semana da Economia de Braga, o novo centro de competências vai criar 100 postos de trabalho a curto prazo. O investimento da Accenture foi apoiado e acompanhado pela InvestBraga.

Braga afirma-se cada vez mais como local de excelência para investimento. O concelho registou ainda, em 2016, o maior aumento real de exportações do país.

“Braga reúne as condições essenciais para a atração de investimento sustentável, em especial, baseado em conhecimento e tecnologia, como é o caso das internacionais Bosch, Delphi, Fujitsu e, agora, a Accenture, que têm investido no concelho”, explica o presidente da InvestBraga, Carlos Oliveira.

O presidente da InvestBraga acrescenta ainda que “Braga apresenta uma série de vantagens competitivas, especialmente mão-de-obra altamente qualificada, uma qualidade de vida invejável e ainda um custo de vida muito mais acessível do que em Lisboa e noutras cidades europeias, sendo que o mesmo acontece no que toca a custos para as empresas”.

O processo de recrutamento da Accenture, em Braga, vai incidir nas áreas das engenharias: informática, computacional, eletrotécnica e eletrónica.

Braga continua a afirmar-se no que toca à atração de investimento, nacional e internacional, exportações e criação de emprego.

De acordo com dados do INE, recentemente revelados, Braga foi o concelho que mais cresceu em exportações e posiciona-se agora no TOP 10 nacional de concelhos mais exportadores (à frente do Porto e de Oeiras). Em 2016, Braga aumentou as exportações em 176 milhões de euros, mais 19% do que em 2015.

No âmbito do Programa +Indústria, entre 2015 e 2020 estão a ser investidos, em Braga, 359 milhões de euros, que apresentam um potencial de criação de 2500 postos de trabalho.

Desde 2013, o número de desempregados no município foi reduzido em um terço, o equivalente a 5000 postos de trabalho.